PSM

PSM era uma banda, foi minha primeira, e única, “produtora”.

O que era a PSM como banda? 

Eram dois moleques no início dos anos 90 fazendo um som sujo e sem sentido.

O que era PSM Produções?

Ah, aí foi uma penca de coisa! Entre 1995 e 2002 eu organizei shows em bares mequetrefes, universidades e teatros. Bandas de punk, blues, heavy metal, MPB e até mesmo duplas de sertanejo. Organizei eventos de teatro, festas e até mesmo os tais eventos corporativos. Obviamente não ganhei dinheiro, e o que ganhei gastei com bobagens. O fato é que me diverti muito. Com a PSM eu até que tive um belo equipamento para gravação e iluminação, as vezes até umas filmagens bem toscas eu fazia.

A PSM acabou?

Não, entrou em coma por um tempo no qual muito material foi perdido. Tinha horas e mais horas de gravações de um monte de gente, em áudio e vídeo. Acontece que isso foi pro beleléu por alguns motivos, entre eles o mofo da Bahia, lugar em que morei em 2006, ou por conta de coisas que não convém falar.

PSM voltou?

Tropeçando e agindo com alcunhas diferentes, parece que sim.

E o que tem nessa página?

A amostra de algumas coisas do passado e de coisas que ando fazendo recentemente sob o manto da PSM. Você pode ver os vídeos ou os áudios, basta ir numa das páginas clicando no link.